Tom: G
Intro: G Em7 D G  Am Bm G 

G 
Ana era morena de olhos verdes 
                         D7 
Cabelos negros cor de carvão 

Manoel morria de amores por ela 
                                G 
Que já tinha outro em seu coração. 

O noivo de ana era um jovem rico 
                           G7      C 
Manoel não passava de simples pintor 
                                G 
Pois o destino provava mais tarde 
                                   D7 
Que o moço rico era um grande covarde 
            Bm     Am      G 
E não merecia seu grande amor. 

G 
O olhar tão lindo da moça bonita 
                            D7 
Por mal incurável perdeu a luz 

A negra sorte roubou-lhe a visão 
                                   G 
Jogando em seu ombro uma pesada cruz. 

Manoel pensou em saber da notícia 
                         G7      C 
Embora sabendo que ela não lhe quis 
                                 G 
Vou doar meus olhos com todo prazer 
                            D7 
E tudo que tenho e posso fazer 
               Bm        Am       G 
Pra que ela ainda volte a ser feliz. 

G 
Depois de um ano de triste martírio 
                             D7 
Da cruz pesada que ela carregou 

Além da cegueira e espera terrível 
                                G 
Do noivo covarde que lhe abandonou. 

Ana foi chamada ao banco de olhos 
                 G7      C 
Alguém havia doado os seus 
                                G 
Ela imaginava naquele transplante 
                               D7 
De ser alguém que me ame bastante 
                 Bm         Am      G 
Pra dar um presente que ganhou de Deus 

G 
Parentes e amigos rodeavam seu leito 
                             D7 
Naquele momento da grande emoção 

Estava ansiosa para ver o nome 
                                  G 
De quem lhe devolvia de novo a visão. 

Pensava que fosse talvez o seu noivo 
                      G7      C 
E ao ler o nome Manoel, o pintor 
                                     G 
Seus pranto caíram pois só lhe restava 
                                 D7 
Chorar com os olhos de quem adorava 
               Bm     Am       G 
Daquele que sempre negou seu amor. 

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar