Tutorial

Pequeno Guia de Sobrevivência do Músico Brasileiro

Enviado por Ana Karoline

Não é novidade para ninguém que é difícil viver de música no Brasil. Para quem quer levar a qualidade da música a sério, então, é preciso muito talento, dedicação e força de vontade. Para facilitar a vida de quem sonha em seguir a carreira musical, aqui está um pequeno guia com 10 dicas fundamentais para se dar bem no mercado dos dias de hoje.

1. Aprenda a tocar diferentes estilos
Não existe nada melhor do que tocar rock and roll, mas para ganhar a vida como músico é preciso aprender a driblar o preconceito e ser competente também em outros estilos. A maioria dos grandes músicos começou tocando em bandas covers, muitas vezes com repertório variado para agradar a todos os públicos. No início, guarde suas composições para o seu projeto pessoal. E nunca seja radical.

2. Monte um estúdio em casa
Computador não serve apenas para conhecer gente na Internet: ele é sua porta de entrada também para o mundo das gravações. Antigamente, era impossível gravar um som decente se você não tivesse um bom estúdio e um equipamento caríssimo. Hoje isso mudou: com uma boa placa de som e bons softwares, dá para tirar um som inacreditável sem sair do seu quarto.

3. Não fique preso ao mundo real
Não adianta tapar o sol com a peneira: é na Internet que estão as maiores chances de você divulgar seu trabalho. Crie um website, invista uma parte do seu tempo trocando idéias em comunidades como Orkut e MySpace e não tenha vergonha de mandar e-mails avisando seus amigos sobre os seus próximos shows. A Internet é a mídia mais barata e mais eficaz inventada até hoje.

4. Faça amizade com outros músicos
Como todo campo profissional, a música também depende muito dos contatos pessoais. No mundo empresarial, isso se chama ?networking?. Manter contato com outros músicos não é bom apenas para trocar idéias sobre técnicas e equipamentos: é das amizades que surgem as melhores parcerias. Quando aquele seu amigo ouvir falar de uma banda que precisa de algum músico, pode ter certeza que ele vai se lembrar de você.

5. Você nunca será o melhor do mundo
Você deve fugir de duas coisas para se dar bem no mundo da música: a arrogância e a inveja. Nunca ache que você é o melhor do mundo; se achar, guarde essa opinião para você. E nunca tenha inveja de um músico que toca melhor que você: eles sempre vão existir. Aprenda com isso: o importante é escolher bons professores e métodos de estudo eficientes.

6. Música não é competição
Quando se gasta muito tempo estudando, é normal prestar atenção aos outros músicos para comparar as técnicas e, principalmente, a velocidade. Mas não se esqueça que música não é uma competição para ver quem toca mais rápido: Jimi Hendrix e Eric Clapton vão viver para sempre, ao contrário de guitarristas que imitam uns aos outros e acham que o importante é tocar mil escalas por segundo.

7. Descubra o seu próprio estilo
Uma das maiores dificuldades para um músico em qualquer fase da carreira é descobrir o seu próprio estilo. Ser influenciado por outros músicos é ótimo; passar a vida inteira copiando seu ídolo é péssimo. Misture suas influências num caldeirão e veja o que sai de lá. Nunca tenha medo de tentar ser diferente.

8. Não seja bitolado
Você só pensa em tocar seu instrumento 24 horas por dia? Pois está na hora de dividir a cabeça com outras formas de expressão artística. Dê um descanso para o corpo e gaste parte do seu tempo com filmes, livros, exposições - toda forma de arte é importante e toda experiência pode se tornar uma nova fonte de inspiração musical.

9. Se quiser ser profissional, pense como um!
Você gosta tanto de música que continuará tocando mesmo sem ganhar um centavo com isso? Pense bem. Para seguir a carreira de músico é importante pensar como um profissional: sua música é seu trabalho. Corra atrás de formas de ganhar dinheiro: sessões como músico de estúdio, gravação de jingles, apresentações em público, teatros e até casamentos? Encare a música com profissionalismo e uma hora você terá a oportunidade de mostrar o seu próprio som.

10. Seu instrumento é seu melhor amigo
Para ser músico você tem que ter respeito pela música e, principalmente, pelo seu instrumento. Ele é o elo de ligação entre o que seu coração quer dizer e o que seu público vai ouvir. Encare-o com uma extensão do seu corpo, uma parte fundamental de quem você é. Trate bem o seu instrumento e vocês serão felizes para sempre!