Tutorial

A História da Gaita

Enviado por RodrigoBr

A partir de hoje começaremos a estudar este magnífico instrumento que é a Gaita Harmônica! Falarei do mais básico ao mais avançado. Espero que todos vocês, com minha ajuda e sem esquecer da sua força de vontade, tornem-se excelentes gaitistas!
Nesse curso iremos dar mais ênfase para a gaita Diatônica, mas também falaremos sobre algumas outras, como por exemplo: Cromática, oitavada, etc. Nesse curso iremos abordar diversos temas, como por exemplo:

- Historia da Gaita;
- Cuidados com sua gaita;
- Empunhadura;
- Embocadura;
- Vários exercícios;
- Escalas;
- Riffs;
- Temas;
- Diversos Efeitos;
- Afinação e Manutenção;
- E muito mais...

Por isso não perca nenhuma aula!!


É muito importante que cada músico conheça a história do seu instrumento musical, por isso sugiro que todos vocês dêem uma olhada neste tópico: História da Gaita! E depois mão na massa!

História da Gaita

A gaita ou Harmônica como nós a conhecemos hoje, foi inventada na Alemanha no Século XVIII.Contudo o conceito de um instrumento com palhetas livres possa ser encontrado há milhões de anos na China e sudeste da Ásia.
Foi em Berlim, em 1821, que Friedrich Bushman, aos 16 anos inventou a AURA, para estudar a influência da corrente de ar no som. Sua invenção era essencialmente um conjunto de quinze diapasões, todas notas sopradas, conectadas a uma armação de metal.
Alguns anos depois, um produtor de instrumentos em Bohemia, chamado Richter, melhorou o design da desajeitada Aura. Ele fez uma estrutura de 20 notas, dentro de dez orificios, ou seja, 10 notas sopradas e 10 notas aspiradas, estas mudanças somado a estrutura do instrumento foi verdadeiramente a primeira gaita ou harmônica como nós a conhecemos hoje.
Em 1827, um relojoeiro chamado Christian Messner começou a fazer harmônicas como uma linha opcional, na pequena cidade de Trossing, Alemanha.Em breve vários outros relojoeiros da área, muitos deles parentes de Messner, estavam tambem produzindo harmônicas como um negócio opcional.
Mas nesta mesma cidade, um jovem relojoeiro de 24 anos chamado Mattias Hohner, resolveu produzir harmônicas como seu principal negócio, produzindo assim 650 instrumentos no primeiro ano. O que distinguia Hohner dos outros fabricantes daquela época era a alta qualidade dos instrumentos aliada a uma grande visão de marketing, pois todas as gaitas fabricadas por ele tinham sua marca estampada.
Em 1888 as gaitas Hohner foram para os EUA e foram largamente distribuídas sem dúvida por serem baratas, pequenas e fáceis de se tocar. Talvez por essa razão, elas foram tão bem recebidas entre a população negra. Ainda hoje a Hohner é o mais influente fabricante de gaitas, já tendo produzido cerca de 1.500 modelos diferentes de harmônicas. O mais caro foi fabricado fora de série, especialmente para o Papa Pio XI, todas as peças de metal, com exceção das palhetas eram de ouro maciço. Um dos modelos mais curiosos era acompanhado de um cordão para que os africanos, que não usam bolsos, pudessem pendurá-las no pescoço.
No Brasil, a história da gaita começa em agosto de 1923, um imigrante alemão chamado Alfred Hering, fundou a empresa Gaitas Alfred Hering em Blumenau - Santa Catarina, e começou a produzir as Harmônicas Hering.
Após a morte do Sr. Hering, em meados de 1960, a empresa foi vendida para M. Hohner Company, de Trossing, Alemanha. Muita tecnologia foi trazida da Alemanha e introduzida no Brasil, melhorando assim cada vez mais a qualidade do instrumento.Em 1979, um grupo de brasileiros comprou a Hering e M. Hohner deixou o Brasil.

Muito bem, depois de conhecermos a origem do nosso instrumento, precisamos agora saber dos cuidados que são preciso para que nossa gaita dure por muito tempo!

Agora, algumas recomendações que vocês devem adotar antes de iniciarem o estudo da harmônica. É importante que você preste bastante atenção nos princípios básicos para a correta utilização do instrumento e com isso aumentar seus anos de duração:

Cuidados com sua gaita

A harmônica de boca é um instrumento pessoal. Evite ceder ou tomar emprestada.
Resíduos de alimentos, bebidas ou fumo podem diminuir a durabilidade da harmônica. É importante manter a higiene bucal antes de tocar o instrumento.
Você deve emitir com clareza as diferentes notas do instrumento, perfeitamente individualizadas. Isto pode ser um pouco difícil no começo, mas com um pouco de treino, este problema será resolvido rapidamente.
Entre todas as embocaduras que serão estudadas, sugiro que você utilize primeiramente a técnica do sopro de bico. Além de ser mais fácil é também a mais utilizada pelos gaitistas.
Uma dificuldade bastante comum entre os iniciantes é a excessiva falta de ar durante a execução da harmônica. Este problema deve ser contornado com muita paciência. Com o tempo, você irá controlar a sua respiração instintivamente, como se estivesse respirando através da harmônica.
É muito importante que você siga os exercícios na ordem apresentada. Eles estão ordenados de forma a permitir uma evolução gradual no aprendizado do instrumento.
Sempre que terminar de tocar, bata o bocal da gaita contra a palma da mão, ou na calça e deixe a gaita fora do estojo por alguns minutos antes de guardá-la. Este procedimento possibilita a redução da umidade retida no instrumento.
Mesmo protegida em seu estojo, não exponha sua harmônica ao sol. O excesso de calor provoca alterações físicas sobre as placas metálicas e sobre a madeira da harmônica, causando frestas que produzem o vazamento de ar, diminuindo a rentabilidade sonora da gaita.
Enquanto não conhecer com detalhes a estrutura física da harmônica, não se atreva a consertá-la. Você só estará provocando maiores danos ao instrumento. Diante de qualquer problema técnico, procure uma pessoa credenciada para proceder à revisão ou concerto da sua harmônica.
Não se deve soprar com força. Sopre com suavidade, só com o "bafo". Se você soprar (ou aspirar) com muita força, irá desafinar ou até mesmo quebrar as palhetas da sua gaita. Por isso, se você quiser que sua gaita saia com o som alto, use um microfone e não a força!Se você for cuidadoso, sua gaita pode durar muitos anos.

É isso aí, se vocês seguirem certinho estes passos, podem ter certeza que suas gaitas irão durar muito tempo!

Já que temos estes princípios básicos de cuidados, podemos começar nosso estudo sobre a gaita harmônica. Só queria lembrar, que este curso irá dar mais ênfase na gaita Diatônica, a famosa gaita de Blues!

Caso ainda não tenham comprado a gaita, sugiro que comprem uma gaita da HERING, modelo: Free Blues em (C) Dó maior! Uma excelente gaita!
Bem Pessoal, é isso ai!
Na próxima aula já estaremos entrando na prática!