No Meu Forró

Vanderlei do Acordeon

Tom: D
REF: D D#° Em7 A7 F#m7 B7 Em7 A7 D 
  
D                 D#°           Em7 
No meu forró o triângulo e o pandeiro,  
                 A7 
a zabumba e a sanfona 
      A/G            D 
estão sempre a batucar 
                    D#°       Em7 
Cachorro late, gato mia, suor pinga, 
                 A7          A/G         D 
coxa ralando com coxa e os homens a requebrar, 
                    D#°         Em 
Terreiro enche, a poeira está cobrindo 
               A7         A/G         D 
e até aquele menino se dormiu vai acordar 
                    D#°            Em 
Mulher rebola feito cobra em terra quente 
                    A7           A/G     D 
e o salão com tanta gente só tem a se alegrar! 

refrão: 
	 
D      Bm        A7             G            D 
Puxa o fole sanfoneiro pra o forró não se acabar, 
      Bm         A7              G          D 
até a cota foi cobrada para ir até o sol raiar, 
         Bm          A7        G            D 
pra o triangulo, a zabumba e a todos vou falar, 
      Bm           A7        G           D 
Vanderlei do Acordeon sempre aqui vai tocar. 

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar