A Estátua

Trio Parada Dura

Tom: E
Introdução:  A  E7 A E7 A  

                                                     E7 
Ninguém cruza meu caminho, ninguém não pode me dar a mão  
                                                       A 
Ninguém vive no meu mundo, por que meu mundo é de solidão  
                                                      E7 
Ninguém pisa onde eu piso porque não deixo rastro no chão  
       D             A                E7              A                            
Não tenho destino certo, não tenho mágoa em meu coração.  
 
   E7                A          E7            A 
Eu sou o homem de pedra que o poeta já descreveu  
    E7               A             E7               A 
Sou o silencio que fala de um coração que tanto sofreu  
      E7             A             E7           A                      
Eu sou filho do passado e do presente a recordação  
     D                 A          E7          A                 
Eu sou a estatua de pedra imagem fria da solidão  
 
                                                E7 
Eu sou o dono da noite conheço o frio da madrugada  
                                                     A 
Sou boêmio  sem saudade, não tenho amor, não tenho nada  
                                         E7 
Sou sentinela da lua que ilumina o céu azul  
       D             A                E7              A                            
Eu sou o homem de pedra cantado em versos de norte a sul.  

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar