Meu Pai

Mano Lima

Tom: A
Introdução: A E7 A E7 A 

                          E7 
Aquele homem que está sentado 
                         A 
Cabelo Branco, rosto enrugado 
                          E7 
Olha pra dentre, enxerga longe 
                         A 
Pra o horizonte do seu passado. 
                       E7 
Aquele homem é uma tronqueira 
                       A 
E na franteira se enraizou 
                          E7 
As suas rugas, marcas de laço 
                          A 
De tanto pialo que já escorou. 
                      E7 
Aquele homem é o meu pai 
                         A 
Melhor amigo que eu conheci 
        F#m          E7 
Tudo q sei eu devo a ele 
                              A 
Pois foi com ele que eu aprendi. 


Introdução: 

                       E7 
É um campeiro, é um fidalgo 
                        A 
É um tropeiro de gado alçado 
                             E7 
Veio das casas grandes da estância 
                        A 
Mas o seu trono foi o cavalo. 
                        E7 
Quanto amigos eu ja perdi  
                    A 
Mas o meu pai ainda véve 
                        E7 
Dos q partiram rsta lembrança 
                       A 
E a saudade que me apersegue. 
                         E7 
Por isso quando abro meu peito 
                        A 
A minha voz estranha aparece 
         F#m                 E7 
(Mesmo sabendo q não mereço tanto 
                           A 
eu sei quecanto pra quem merece) Bis 

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar