Corvo Envenenado

Mano Lima

Tom: D
(intro) D A A7 D A A7 D A A7 D A A7 D 

D                                         A 
Eu canto em FI eu canto em FU eu canto em SOL 
                         A7                    D 
Mas o tom que mais me agrada de cantar é o DÓ MAIOR 

D                                         A 
Com este meu jeito que eu levo cantando forte 
                      A7                    D 
Eu já cantei até em boate já fiz magrinho dançar 
                                A 
Abri meu peito eles dançavam separado 
                  A7                        D 
Tipo corvo envenenado um pra lá e outro pra cá 

D                                       A 
Eu canto Fi eu canto em FU eu canto em SOL 
                       A7                  D 
Mas o tom que mais me agrada é cantar em DÓ MAIOR 

D                                   A 
A mim me agrada o índio que berre forte 
                  A7                     D 
Meio tipo vento norte quando começa a ventar 
                               A 
E alguma oreia meio metida a tapada 
                   A7                    D 
Arranca coro com cabelo e faz a danada escuta 

D                                       A 
Eu canto Fi eu canto em FU eu canto em SOL 
                       A7                  D 
Mas o tom que mais me agrada é cantar em DÓ MAIOR 

D                                A 
Tem animal invertebrado igual linguiça, 
                  A7                        D 
Tem cantor bem afamado que só canta igual nanica 
                                        A 
Eu canto grosso, mas também sei cantar fino 
                    A7                     D 
Mas só se for no ouvido de alguma prenda bonita 

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar