Burro Jegue

Mano Lima

Tom: C
Intro: C  G7  C  F  G7  C  G7  C 

Numa estância abandonada 
Sobre a vargem extraviada 
               G7 
Comendo caraguatá 
Eu não sou neto de Horneiro 
Mas orneio o dia inteiro 
                         C 
Porque é o meu jeito de amar 

( C  G7  C  F  G7  C  G7  C ) 

Repouso na terra fria 
Eu não tenho estrebaria 
                 G7 
Nem carinho da vovó 
Associação nem calcula 
Que era pura a mãe da mula 
                   C 
E 'muié' do burro-chó 

( C  G7  C  F  G7  C  G7  C ) 

Na equina sociedade 
Eu não tenho integridade 
                  G7 
Sou mal de morfologia 
Sou apenas burro-jegue 
Se alguma égua me segue 
                     C 
Eu garanto que pega cria 

( C  G7  C  F  G7  C  G7  C ) 

Quando os nobre vão pra Esteio 
Tentear o ouro do freio 
                G7 
Eu fico na invernada 
E pela guia de cima 
Vou cumprindo a minha sina 
                  C 
Pra conservar a mulada 

( C  G7  C  F  G7  C  G7  C ) 

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar