Agroboy

Lélio e Bruno

Tom: E
E 
Sempre morei na fazenda, 
                 B 
Fui estudar na capital, 

Pra entrar de vez nesse clima, 
                E 
Mudei o meu visual, 

Dei um trato no cabelo, 
              E7           A 
Tirei minha botas, isso me dói, 
                       E 
Mudei de estilo só por fora, 
                   B 
Por que corre nas veias, 
                    E 
um sangue quente de um couboy. 

E 
Apaixonei numa gata, 
               B 
Bombou meu coração, 

Ela não gosta da cidade, 
                   E 
E quer morar no sertão, 

Disse que eu sou metido, um playboy, 
E7                A 
E nem mereço um beijo, 
               E 
Mas ela ta enganada, 
                        B 
Por que eu sou bruto do campo, 
              E 
Caipira louco sertanejo. 

E7 A Sou sertanejo menina, E Eu planto soja e feijão, B Eu curto César e Paulinho, A Chitão e Jacózinho, E Meu irmão do meio é o rei do leilão. E7 A Sou sertanejo na cidade, E Agroboy na Capital, B Só tomo pinga de alambique, A Larga desse chilique, E Acredite eu sou normal.
E Apaixonei numa gata, B Bombou meu coração, Ela não gosta da cidade, E E quer morar no sertão, Disse que eu sou metido, um playboy, E7 A E nem mereço um beijo, E Mas ela ta enganada, B Por que eu sou bruto do campo, E Caipira louco sertanejo.
E7 A Sou sertanejo menina, E Eu planto soja e feijão, B Eu curto César e Paulinho, A Chitão e Jacózinho, E Meu irmão do meio é o rei do leilão. E7 A Sou sertanejo na cidade, E Agroboy na Capital, B Só tomo pinga de alambique, A Larga desse chilique, E Acredite eu sou normal. (2x) B Só tomo pinga de alambique, A Larga desse chilique, E Acredite eu sou normal.

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar