Tom: G
Intro Em9  G  D/F#  Em  G  D/F#  Em 

                                 C  Bm  Am                 D7                Em9 
Permita morena, que eu sonhe contigo, num rancho onde abrigo meus dias de frio 
                                 C  Bm  Am                D7                 Em9 
Permita morena, que eu veja teus olhos, buscando os meus olhos nas águas do rio 
C7M                               Am7   D7                              G7M 
Permita morena, que eu pegue a guitarra, e solte as amarras da minha ilusão 
C7M                              Am7   D7                           G7M 
E cante num verso meus ternos segredos, vestidos de medo, amor e paixão 

D7                                 Am7                   D7            G7M 
(Permita morena, que eu ceve outro mate, pra dor que me bate nesta solidão 
           D7                 Am7              D7             Bm7 
Permita morena, que chame teu nome, matando a fome do meu coração 
          Bm7(b5)    E7      Am7        D7                      Bm7 
Se acaso morena teus olhos luzeiros, tiver paradeiro em outro olhar 
        Bm7(b5)    E7        Am7                     D7                     D/C  G7M 
Perdoa morena meus olhos tristonhos, perdoa os meus sonhos se contigo eu sonhar) 
Int. 
                            C  Bm  Am            D7                Em9 
Perdoa morena, se trouxe comigo, teu lindo sorriso na graça do olhar 
                            C  Bm  Am          D7               Em9 
Perdoa morena, se tenho saudade, me falta coragem pra te procurar 
C7M                             Am7  D7                               G7M 
Não chores morena se à noite sinuela, povoar de estrelas teu meigo sonhar 
C7M                             Am7  D7                                 G7M 
E quando enxergares a estrela cadente, é meu sonho insistente a te cortejar 

( D7  Bm7  Em9 ) 

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar