Cowboy

Banda Uó

Tom: A
Intro: A  E  D  E  

    A                                         E 
Eu disse, que essa história tinha um final triste. 
                                           D 
Que na Sessão da Tarde eu nem era um Príncipe. 
                            E 
Eu fui só o Jegue que você galopou. 
      A                             E 
Não venha, fazer a Moça estilo Faroeste. 
                                   D 
Cê tá mais pra Vilã barata do Agreste. 
                                    E 
Não sei mais como posso ser usado assim. 

D 
Sou Cowgirl, infeliz. 
F#m 
Sou Traíra de mim, 
Bm              A        E 
não mereço mais o seu amor. 
D 
Lacei outro Peão, 
F#m 
Tinha tudo na mão. 
Bm                A        E 
Mas eu não posso deixa-lo ir. 

            A 
Cavalga em mim, 
                                   E 
Eu acho que eu mereço ser tratado assim. 
                              D 
Tem fio de cabelo no meu paletó, 
      E             A 
Sem você eu sou um só. 
                                   E 
Um louco, apaixonado que te quer assim. 
                                 D 
Todo corno merece o chifre que tem. 
       E              A 
Sem você não sou ninguém. 

       A                                      E 
Se lembra, de quando eu peguei fiado lá na Venda. 
                             D 
Foi tudo para te agradar, entenda. 
                  E 
Tudo que eu fiz, somente, foi por Amor. 
  A                                             E 
Agora, que a pinga amarga desce enquanto você chora. 
                           D 
O peso de te amar aqui devora. 
                                E 
A raiva está cravada, mas eu amo você. 
D 
sou Cowgirl, infeliz. 
F#m 
Sou Traíra de mim, 
Bm                 A    E 
não mereço mais o seu amor. 
D 
Lacei outro Peão, 
F#m 
Tinha tudo na mão. 
Bm                   A     E 
Mas eu não posso deixa-lo ir. 

Refrão : 2x 

            A 
Cavalga em mim, 
                                     E 
Eu acho que eu mereço ser tratado assim. 
                              D 
Tem fio de cabelo no meu paletó, 
      E             A 
Sem você eu sou um só. 
      A                           E 
Um louco, apaixonado que te quer assim. 
                                D 
Todo corno merece o chifre que tem. 
      E            A 
Sem você não sou ninguém. 
A               E                D 
Quando a noite cai, lembro de você. 
        E                   A 
Estrelas refletem seu portão. 
             E                D              E Passagem para subir 1 tom F 
Que portão azul, como o céu azul, como seu olhar. 

Solo: A#    F    D#   F 

A# Cavalga em mim, F Eu acho que eu mereço ser tratado assim. D# Tem fio de cabelo no meu paletó, F A# Sem você eu sou um só. F Um louco, apaixonado que te quer assim. D# Todo corno merece o chifre que tem. F A# Sem você não sou ninguém. A# F Eu disse, que nessa história só tinha tristeza. D# Que na Sessão da Tarde eu não sou Princesa. F A# Eu fui só a Égua que você galopou.

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar