Teu Grande Amor, Constrange-me

Arvore da vida

Tom: A
(A)    F#m          Bm7          E/G#                    A 
1. Teu grande amor constrange-me, ó Deus, 
               F#m          Bm7          E/G#                    A 
    Teu grande amor constrange-me, ó Deus, 
               F#m7  Bm7        E/G#                      A 
    Qual forte onda, vem em mim fluir, 
               F#m7  Bm7        E                          D/F# 
    Qual forte onda, vem em mim fluir, 
                          E/G#                                   A 
    Buscando em minh'alma um canal, 
                        E/G#      F#m       C#m7    D7+  
    Buscando em minh'alma um canal, 
                     A/C#   Bm7       E                      A 
    Quer as bar - reiras todas destruir. 
                            F#m                     D        E 
    Quer as barreiras todas destruir. 

2. Não cederei ao constrangido ser? 
    E não direi: Flui, ó amor, em mim? 
    Meu Deus, me conquistou Teu meigo ser;  
    Mi'a vida a mesma não será enfim. 

3. Quebra-me a natureza, ó amor, 
    Inunda meu querer e emoção, 
    Meu pensamento e mente vem limpar; 
    Só Sua vida restará então. 

4. Por Deus tomado e regido assim, 
    Um rio de ternura, graça, amor, 
    Livre, espontâneo, fluirá de mim, 
    Amando eternamente a quem me amou. 

Compartilhe esta música: novo

QR Code
Copiar